Irmã Voneide partilhando sua experiência na Missão em Angola
» Notícias
19/09/2017   Irmã Voneide partilhando sua experiência na Missão em Angola
Queridas Irmãs, queridas Formandas

“Como ei de agradecer, por tamanha graça, que o Senhor me concedeu”.
A jornada missionária em Angola para mim, foi um despertar missionário para integrar a missão. Por mais que as irmãs que aqui vivem, partilhem conosco de como é a realidade, quando vemos com nossos próprios olhos e fazemos a experiência, não tem como nossa alma não ser tocada. Particularmente foi a mais tocante experiência que fiz, durante toda a minha vida.
No entanto o que mais me tocou, o que mais fez meu coração pulsar de felicidade, foi aprender com o povo que com tão pouco se pode ser tanto nesta vida. Ser feliz, ser acolhida, ser cuidado, ser humano, ser fraterno, ser partilha. Sinceramente me senti mais perto de Deus. Hoje tenho a certeza absoluta que não vale a pena pedir mais, quando alguns nada tem. Sim em cada rosto, em cada irmã, formanda, criança, jovem, idosos, doentes vi e senti a presença de Deus.
E desta forma consegui compreender melhor o alcance e a dimensão de todo o trabalho missionário que as nossas Irmãs que aqui residem desenvolvem na área da saúde, pastoral e educação.
Por outro lado, a minha impotência foi tão grande, senti-me pequena diante da grandeza desse povo particularmente na Aldeia do Bembo. E me perguntava o que posso oferecer-lhes!?
Ao chegarmos e ver a alegria e acolhida do povo que vinham correndo ao nosso encontro, percebia o quanto o povo estava desejoso de ouvir a Palavra de Deus e receber a visita da Igreja na pessoa de nós missionários. Foram dias maravilhosos!
Concluo que realmente vale apena traçar o caminho da missão. Aprendi que é preciso deixar nos questionar com as propostas vindas dos muitos apelos missionários. O exemplo vale muito mais que palavras. Refletir e meditar sobre missão muitas vezes pode ser até prazeroso. Mas fazer a experiência do “ ir” é muito mais grandioso.
Toda essa experiência mexeu profundamente comigo. E cada vez que ouvia alguma irmã partilhando da necessidade de mais irmãs para a missão, meu coração batia mais forte. E me coloquei a disposição para aqui permanecer.
Creio que o primeiro passo é não ter medo e se entregar ao projeto que Deus tem para cada um de nós. Saímos de nós mesmo pra estar com nossos irmãos e irmãs nos fará pessoas melhores. Não devemos nos preocupar se estamos preparados ou não. Aprendemos no caminho. Saindo ao encontro, aprenderemos qual a melhor maneira para chegarmos a alegria do serviço. O importante é estarmos abertos para o novo, para o diferente. E principalmente, saber aprender com o outro e especialmente com o mais simples e pequeno.
Meu especial agradecimento a irmã Amarilda Rossatto e ao Conselho Provincial, e Conselho Geral por me permitirem fazer esta bonita experiência e também a minha permanência na missão.
Também um especial agradecimento a Irmã Berenice e Irmã Francisca que não mediram esforços para que toda documentação fosse encaminhada para a minha permanência na missão, e pela acolhida fraterna de todas as irmãs e formandas.
Muita Paz e Luz a todas. Meu fraterno Abraço!
Irmã Voneide
Fonte:    Generalato
Autor:   
Congregação das Irmãs Franciscanas de São José
Rua Vicente Machado, 2731
Centro - Curitiba - PR (Cep: 80440-020)
Fone: 41 3042.5167